nTnD

Plataforma Zoom //

1º ATELIER

Chegamos à 3ª pessoa do Plural.

O Pedro dá a cada uma um ponto de partida. Uma frase inicial. 

Para a Irene a frase “tocaram na água, estavam”; 

Para a Tânia “os carros já não chegavam lá”; 

Para a Guida “quando finalmente os vulcões”; 

Para a Anita “Já era de noite e as mulheres”; 

Para a Eugénia “os olmos já tinham ardido”; 

Para a Rebeca “trouxeram as enxadas mas os campos”. 

Mas o grupo devolveu-lhe o desafio e também tinha na manga uma frase para o Pedro: 

“tinha umas alunas pouco”…

 A criatividade de cada um ficou à solta e a escrita foi acompanhada pela música “A Arte da Fuga” de Bach. 

Para a semana, o desafio será o mesmo, mas cada início será dado pelas participantes. Cada uma irá decidir onde a outra começa. 

2ºATELIER

Durante a semana cada um escreveu um poema com o mote “vocês estão confusos” e agora é tempo de ouvir o resultado.

Começam  o Adérito e a Sandra – ambos com dois poemas muito fortes.

A sessão segue com o novo desafio: a 3ª pessoa do singular. 

Cada um recebe do Pedro um verso.

E esse será o início dos poemas que ainda estão por escrever.

Para o Adérito “estavam cansados do campo”, 

Para a Armandina “estavam já longe da sua terra”; 

Para a Sandra “ficaram à espera da estrada”; 

Para a Marisa “Nunca quiseram ter”; 

Para a Sara “quiseram cais mas”; 

Para a Rebeca “quando os relógios pararam”. 

Para o Pedro o grupo escolheu a frase “Eles foram para longe”. 

Todos escrevem ao som de “Cinema”, de Rodrigo Leão. Mas Adérito fez notar que não gosta de escrever sob pressão. 

3ºATELIER

Esta foi uma sessão exclusivamente dedicada à gravação dos poemas. Cada participante leu individualmente os seus poemas, que foram gravados em vídeo (zoom) e o som gravado através da plataforma cleanfeed.