António Fonseca

Plataforma Zoom // Hoje é dia de encontros. Juntos, a Armandina e o Marcial da Unidade de Cuidados Continuados de Bragança, a Ana e o Vítor, do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Bragança, o Alexandre, o Fernando e a Graça, do Centro Linha d’Água e a Mafalda e a Sabrina, da Associação Bagos d’Ouro. Só a Tatiana e o Rui

Plataforma Zoom // Depois de sete sessões, a Graça surpreende com um desabafo inesperado: a poesia não lhe diz nada. Diz que não se identifica, que não lhe está a fazer sentido, que tem feito um esforço mas não se sente motivada. Queixa-se também da falta de memória para conseguir decorar os poemas. O António admite que não estava à espera. Até porque

Plataforma Zoom // A Ana anda às voltas com as palavras de Cecília Meireles, no poema “Pássaro na Garganta” e de Guilherme de Almeida, no poema "Branca de neve”.A Antónia tenta ajudar e vai dando dicas sobre as interpretações.Hoje o Alexandre junta-se ao grupo. Começa por se apresentar e lê os poemas que tem estado a trabalhar: “Inquietação” de José Mário