nTnD

Plataforma Zoom //

Sabrina, Mafalda e Tatiana são as três participantes desta sessão. Não costumam ler poesia. Mas acham que vão gostar de a dizer. António pede que tragam poemas para as próximas sessões e combinaram encontrar-se todas as segunda-feira pelas 18h30. Como Mafalda é de Sabrosa e foi proposto que escolhesse alguma poesia de Miguel Torga. Tatiana e Sabrina são de Murça. António explicou como vai decorrer o projeto. Que serão lidos muitos poemas e que o coração escolherá apropriar-se de alguns. José Luís Ferreira, da Fundação da Casa de Mateus, partilhou o texto O Têpluquê de Manuel António Pina e Tatiana começou a ler, Mafalda continuou. António explica que a poesia é como andar de bicicleta ou tocar flauta: é preciso insistir, treinar, não desistir. Um dia a poesia acontece.