nTnD

Plataforma Zoom //

É tempo de alinhavar o espetáculo final.

Combinaram começar com o exercício do stop: movimentação pelo espaço e quando dizem ‘stop’, baixam-se. Dizem os números, para a velocidade, quando alguém diz o número 0 param e quando alguém diz stop baixam-se. 

Depois, no guião, o exercício da carta: sentam-se, escrevem, e de seguida lêem a carta em conjunto. Será um hino à capacidade de escutar. Exige sensibilidade para perceber quando dar espaço e tempo ao outro, mas sem deixar que haja silêncio. Ninguém deve comandar. O ritmo deverá fluir naturalmente. E depois o espetáculo avança, com o exercício “Lembro-me…”

Feito o alinhamento, treinaram.

É preciso treinar a voz, o volume, saber onde está o microfone e falar para o computador. Se este é um exercício de escuta, o som tem de ser privilegiado. Dos detalhes dependerá o sucesso.

E no final, o Pedro interveio, dando a sua opinião: achou o alinhamento tão bonito que ficou inspirado: escreveu um poema e partilhou-o com todos.