nTnD

Plataforma Zoom //

Há objectos que podem contar sobre nós mais do que imaginamos.

A Aldara pediu que todas trouxessem um objecto com uma história. E a sessão foi um momento de partilha desses bocados de nós, que guardamos e a que nos apegamos, às vezes sem perceber porquê.

A Ana Margarida trouxe um mistério: uma carta com uma chave, que recebeu após a morte da avó. A carta foi enviada por um amigo mas a chave era “A” mensagem: a metáfora perfeita para a libertação que procurava. Mais do que uma simples carta, foi o início de uma jornada. De um caminho, o princípio da sua própria liberdade.

A Jéssica trouxe um boneco. Um presente de um amigo secreto, que recebeu quando entrou para a faculdade. 

A Teresa trouxe uma escultura, uma vénus, que representa uma figura feminina que representa a fertilidade, a esperança e o futuro – que lhe foi dada por uma senhora que a acompanha desde a sua infância.  

A Cláudia falou sobre os colares que tem ao peito, um chama-anjos, um colar que traz sempre consigo. O outro colar que traz foi-lhe oferecido por um anjo que apareceu na sua vida. 

A Marta falou sobre uma pulseira muito simples que tem no pulso, que trouxe da Tailândia, e que é igual à da sua filha. 

A Inês trouxe um instrumento, um braguinha, e tocou um pouco.

E assim, a pretexto dos pequenos objectos que escolheram trazer, juntas fizeram uma viagem às memórias de cada uma.